1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15

Mobilizações dão visibilidade ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes em Jaguariaíva

Marcando o 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes, a administração municipal, através do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), SHADS (Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Social), promoveu uma passeata pela Avenida Antônio Cunha, centro de Jaguariaíva. O objetivo foi chamar a atenção da sociedade para a necessidade de proteger os meninos e meninas e denunciar os casos de violação.

Estiveram na caminhada a prefeita Alcione Lemos, o vice Adilson Passos Felix, a juíza da Vara da Infância e Juventude, Ana Claudia de Lima Cruvinel, secretários municipais, entre eles a da SHADS, Fábia Kojo, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Simone Leite Cunha, a presidente do Conselho Tutelar, Agata Barreto, as diretoras do CREAS, Zenaide de Azevedo Fanha e Rita Maganhatti, além de servidores e adolescentes dos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos e membros da rede de proteção. Polícia Militar e Corpo de Bombeiros deram apoio.

Na Praça Getúlio Vargas, início da concentração, a prefeita Alcione observou que a data de maior visibilidade é 18 de maio, contudo o trabalho contra a exploração ao abuso e exploração infanto-juvenil ocorre o ano todo pela administração municipal. Informou que as ações acontecem através da rede de proteção estruturada no município, ressaltando a importância da criação e estruturação, a partir de 2009, de órgãos e equipes especializadas como a do CREAS, com apoio das secretarias, que trabalham em conjunto para prevenir, acolher e defender as crianças e adolescentes.

Destaque aos canais de denúncia, que podem ser o Disque 100, Disk Denúncia 181 da Polícia Militar do Paraná ou telefones 3535-2920 (Conselho Tutelar) e 3535-9387 (CREAS) foram dados pela secretária da SHADS, Fábia Kojo, que também pediu apoio de todos para apontamento dos agressores. A juíza Ana Claudia reforçou a necessidade de denunciar e evidenciou que as pessoas que sabem do problema e não delatam o agressor também erram por omissão.

Palestra – Ainda como parte da programação do Maio Laranja, dedicado ao reforço das ações de combate à exploração e violência sexual contra crianças e adolescentes, a administração municipal, via SHADS, em parceria com a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SMECEL), investiu em uma palestra-show para centenas de alunos da rede municipal de educação (5º anos), particular e serviços de convivência, no Cine Teatro Valéria Luercy. O objetivo foi passar de forma lúdica e musical, aos meninos e meninas, as orientações de como denunciar casos de abuso, sugerindo por, exemplo, conversar com os professores e pais sobre o problema ou ainda pedir ajuda pelo Disque 100. A ação teve inclusive resultado imediato, visto que vítimas pediram ajuda após assistir à apresentação.

thi_8298
thi_8298 thi_8298
thi_8319
thi_8319 thi_8319
thi_8372
thi_8372 thi_8372
thi_8807
thi_8807 thi_8807
thi_8855
thi_8855 thi_8855
thi_8865
thi_8865 thi_8865
thi_8876
thi_8876 thi_8876
thi_8937
thi_8937 thi_8937
thi_8940
thi_8940 thi_8940
thi_8947
thi_8947 thi_8947
thi_8972
thi_8972 thi_8972
thi_9022
thi_9022 thi_9022
thi_9063
thi_9063 thi_9063
thi_9147
thi_9147 thi_9147
thi_9208
thi_9208 thi_9208
thi_9235
thi_9235 thi_9235
thi_9324
thi_9324 thi_9324
thi_9369
thi_9369 thi_9369
thi_9422
thi_9422 thi_9422


Vídeo - Covid 19